Fotos
DSC01615.JPG
Calendário
Dezembro 2018 Janeiro 2019
Do Se Te Qu Qu Se Sá
1
2 3 4 5 6 7 8
9 10 11 12 13 14 15
16 17 18 19 20 21 22
23 24 25 26 27 28 29
30 31
Procurar
Galeria de Fotos

Ata da Assembléia Geral Ordinária do Condomínio Vista do Lago - Niquelândia GO

 

Ata da Assembléia Geral Ordinária do Condomínio Vista do Lago, Zona Rural, fazenda Tabuleiro da Cruz Niquelândia - GO, realizada aos 13 dias do mês de Dezembro de 2015.

Às 11:32h ( Onze horas e trinta e dois minutos), em segunda convocação sendo que  ocorreu após 32 minutos da primeira convocação, na residência do Sr. Edilson Carneiro Martins, unidade 43, no próprio Condomínio Vista do Lago –  Niquelândia - GO.

Assinaram a lista de presença na assembléia pessoalmente ou por representante devidamente autorizado por procuração, os senhores condôminos titulares das unidades nº 43, 12, 42, 11, 71, 25, 75, 66, 76, 26, 68, 70, 69, 23, 35, 16, 59, 90, 73 e 50.

Os condôminos deste condomínio foram convocados com antecedência para a realização dessa assembléia geral, através de e-mails enviados a todos e ainda através do sítio do condomínio www.condomíniovistadolago.com.br, sendo o segundo o instrumento de comunicação oficial definido em assembléia e registrado em ata.

 

OBS: Para evitar questionamento e comprovar a veracidade, lisura e legalidade da Assembléia, os condôminos participantes da Assembléia Geral Ordinária, solicitaram e decidiram por maioria que poderia ser feitas fotografias e filmagens que comprovem a realização e as votações a cerca dos objetos colocados em apreciação e votação na referida Assembléia. Esses materiais podem fazer parte dessa ata e serem colocados a disposição a quem interessar.

 

A Assembléia elegeu um presidente para presidir os trabalhos, sendo eleito por maioria absoluta o Sr. Romildo Nunes de Azevedo, unidade 71, que convidou a mim, Edilson Carneiro Martins, unidade 43, representante da administração, para secretariar os trabalhos. Composta a mesa, o Sr. Presidente pediu que apresentassem os candidatos que concorreriam ao pleito, sendo que, somente os dois, os quais foram eleitos por unanimidade, se apresentaram. Em seguida, o Sr. Presidente colocou em apreciação os seguintes itens da Ordem do Dia:

 

Ordem do Dia:

 

"A" – Eleição da diretoria do condomínio mandato 2016;

“B” – Revisão de taxa ordinária mensal (Taxa de Condomínio);

"C" – Remuneração do Síndico;

"D" – Prestação de contas e orçamentos;

"E" – Definição de obras;

"F" – Outros assuntos;

 

"A" – Através desta Ata da Assembléia Geral Ordinária fica eleita a nova diretoria do condomínio Vista do Lago, mandato do ano de 2016, conforme o seguinte:

 

“Capítulo III – Administração do Condomínio;

 

OBS: “A administração do condomínio será exercida pelo síndico e subsíndico que tem respectivamente as mesmas atribuições de presidente e tesoureiro”

 

Art 7º

 

Síndico: Edilson Carneiro Martins – Unidade 43 – (Presidente)

RG: 1292421 SSP/DF e CPF 669.456901-72

 

Subsíndico: Douglas Menezes de Araujo – Unidade 70 -  (Tesoureiro)

RG: 5310049 SSP/MG e CPF 753.458.976-20

 

“Art 11º - Conselho Consultivo e Fiscal ...”

Conselho Consultivo e Fiscal:

1º membro: Clésio Alves de Paula – Lote 59 (Presidente do Conselho)

2º membro: José Donizete Teixeira de Matos – Lote 75

3º membro: Francisco Carlos da Silva Marinho – Lote 11

Suplentes:

1º suplente: Antonio Fernandes de Almeida – Lote 68

2º suplente: Ismar Tavares de Lima – Lote 90

3º suplente: Marciel Ferreira – Lote 26

 

Conforme a estrutura administrativa do Condomínio Vista do Lago, essa Diretoria deverá representar e administrar o condomínio conforme definições descritas na convenção do dia 01 de janeiro de 2016 até o dia 31 de Abril de 2017.  Esse mandato terá duração de 01 ano e 04 meses, onde com a finalidade de se realizar a próxima Assembléia Geral Ordinária na segunda quinzena de Abril de 2017 para decidir novamente a diretoria que representará o condomínio no próximo mandato. A duração desse mandato, excepcionalmente será de 01 ano e 4 meses, dar-se-á devido a convenção estabelecer a data da assembléia geral ordinária na segunda quinzena de abril de cada ano, portanto, foi colocado em votação e por unanimidade ficou decidido que esse mandato terá essa duração afim de acertar os próximos ciclos de mandatos com duração para 01 ano. Depois de decidido por unanimidade, ficou fortalecido a mudança da realização da assembléia geral ordinária com eleições de diretoria de dezembro para abril, também devido ao mês de dezembro, final de ano, muitos condôminos terem compromissos e não poderem participar da assembléia.

 

"B" –. Ficou decidido por unanimidade que a nova taxa ordinária mensal a partir de janeiro de 2016 será R$ 130,00, sendo que para pagamentos efetuados até o dia 10 de cada mês será concedido um desconto de R$ 20,00 por pontualidade.

 

"C" _ Ficou decidido por unanimidade que o síndico terá uma ajuda de custo mediante assinatura de recibo mensal no valor de R$ 600,00 (seiscentos reais), mais a isenção do pagamento da taxa ordinária do lote de sua propriedade ou responsabilidade, sendo que a isenção já era autorizada por outra assembléia realizada.

 

"D"– As contas foram apresentadas para a assembléia através de balancetes e outros documentos comprobatórios e aprovados sem restrições.

 

"E" Foi colocado para apreciação a proposta da obra de construção do muro a cerca de todo o condomínio, explanada a situação de segurança do empreendimento e condôminos em geral. Depois de apreciada e discutida a proposta, até mesmo a questão da licença ambiental para tal obra, os presentes por unanimidade não aprovou a execução da obra, com alegações de não poderem se comprometer com os custos financeiros gerados pela mesma. Ficou esclarecido que teria naturalmente a criação de taxas extras para o custeio, o que não foi aceito pela assembléia.

O Sr. Ismar, lote 90, colocou em pauta o problema que ocorre no seu lote com relação ao abastecimento de água. Segundo ele, devido ao nível de altura da caixa de água do condomínio, a pressão da água é insuficiente para abastecer o seu reservatório, tendo ele que utilizar uma bomba de recalque para fazê-lo, onerando os seus custos com energia elétrica e manutenções diversas. Ficou decidido por maioria na assembléia que, será efetuado um estudo para a solução do problema apresentado, os quais no momento surgiram a idéia de o aumento da altura do reservatório de água do condomínio, com a possibilidade de aumento da capacidade de reserva de água conseqüentemente aumentando o nível e a pressão da água. Ainda ficou o estudo de quaisquer outras soluções fornecidas por especialistas, daí será apresentado na próxima assembléia para possível solução do tema.

O Sr. Marciel Ferreira, lote 26, apresentou para a assembléia uma preocupação com a segurança do empreendimento em geral. Colocou em apreciação a possibilidade de uma obra para instalação de câmeras de seguranças e equipamentos com qualidade adequada, no intuito de cobrir todo o condomínio com gravações de imagens de segurança. Por unanimidade, ficou decidido que será executado um orçamento para essa obra, e depois de estudado a viabilidade da obra poderá novamente ser apresentada para votação na próxima assembléia ou ainda se for julgado pelo sindico, subsíndico e conselho fiscal a obra como urgente, poderá ser executada, já que foi uma demanda muito forte dos participantes dessa assembléia aprovado por unanimidade.

 

"F" O Sr. Clésio, lote 59, colocou em apreciação a pedido do Sr. Francisco Pereira Junior, lote 72, a isenção dos pagamentos das contas de consumos de água que se encontram atrasadas em seu lote. Segundo o Sr. Francisco, está disposto a pagar todas as taxas ordinárias mensais que estão atrasadas, porém, solicita a isenção dos pagamentos dos consumos de água, que também estão em atraso.  Por unanimidade, ficou decidido que não serão isento os pagamentos das contas de consumo de água do lote em questão. A alegação da assembléia é que todos os condôminos pagam consumos de água, e os deveres devem ser iguais a todos os condôminos.

O presidente colocou em apreciação a mudança de data da assembléia geral ordinária, de dezembro para abril de cada ano. Ficou decidido por unanimidade, e seguindo a definição da convenção, que será realizado a assembléia geral ordinária para eleição da diretoria e conselho fiscal de novos mandatos do condomínio vista do lago, todas as segundas quinzenas do mês de abril de cada ano. Ficou acertado ainda que, para o acerto do ciclo de duração de mandato de 01 ano, devido as assembléias estar sendo realizadas em dezembro de cada ano, o mandado 2016 terá duração de 01 ano e 04 meses.

 

Nada mais havendo a tratar e ninguém mais querendo fazer uso da palavra, o Sr. Presidente da Assembléia deu por encerrados os trabalhos da presente Assembléia Geral ordinária lavrando-se a presente ata que vai assi¬nada pelo Sr. Presidente e por mim Secretário que a lavrei. Nada mais.

Anexo:

 

Fotos da realização assembléia geral ordinária e da votação unânime para eleição da presente diretoria.

 

13 DEZ 2015

 
Nós apoiamos
Banner
online
Nós temos 484 visitantes online
Clima
Boleto Condomínio

BRCondomínio - clique para acessar